Acusado se passava por policial para facilitar o crime

 

Segundo a polícia, mais de 60 cilindros foram desviados Foto: Governo do Amazonas

 

Um voluntário da ONG SOS Amazônia foi preso em Manaus por desviar dezenas de cilindros de oxigênio no Amazonas. Embora o estado estivesse passando por um colapso no sistema de saúde, o suspeito é acusado de revender os cilindros a preços superfaturados.

 

Segundo a polícia, o homem identificado como João Victor Araújo da Silva se passava por policial para facilitar o crime e já teria desviado mais de 60 cilindros de oxigênio.

 

– Ele se infiltrou numa organização sem fins lucrativos que distribui oxigênio às pessoas que mais precisavam nas estruturas hospitalares e, lá de dentro, começou a desviar oxigênio e revender a preços superfaturados, lucrando com a desgraça dos outros – disse a delegada Emília Ferraz ao Fantástico no último domingo (4).

 

A ONG era responsável por enviar cilindros aos hospitais. O transporte era feito de barco ou avião. De acordo com a investigação, o acusado costumava oferecer-se para levar a carga.

 

www.valenoticiapb.com.br  – Com Pleno.news, foto: Governo do Amazonas